POSTO DE INCLUSÃO DIGITAL

Posted by & filed under .

O QUE BREJINHO TEM DESPERTADO? Nesse final de semana, necessariamente, estivemos em Brejinho, dando sequência à nossa proposta de despertar nas pessoas desse povoado a vontade de se tornarem autossuficientes, mesmo inseridos na dura realidade em que são protagonistas. Como sempre acontece, fomos tocados pelos valores que eles despertaram em nós, valores que quase raramente presenciamos em nossa sociedade – a humildade, o respeito e a gratidão.

Dessa vez, tratando objetivamente das necessidades, reforçamos o Posto de Inclusão Digital – PID Profª Luceli Carmem Lobo com a aquisição de mais dois computadores e mesas, isso para que toda comunidade, inclusive as crianças, possa beneficiar-se, de fato, da inclusão digital, proposta esta que se harmoniza com a autossuficiência defendida por nós. O PID, com esse reforço, proporcionou, pela primeira vez, a interação simultânea entre todas as faixas etárias do Povoado de Brejinho.

Cientes de que, somente agora, estamos visualizando a fase inicial do nosso compromisso com os nossos amigos de Brejinho, também tratamos, em apanhado, do que eles absorveram até agora. Cuidamos das questões relacionadas à responsabilidade de zelar do PID – conservação dos equipamentos e limpeza do Posto –, das necessidades das mulheres para produzirem alimentos a partir da palma, e de outros assuntos. Com relação à atividade das mulheres, para impulsionar a produção delas, precisamos assisti-las, ainda.

Agora, o que realmente faz sentido trazer ao conhecimento de vocês, Amigos, é que a nossa relação com as pessoas do Povoado de Brejinho tem beneficiado muito mais a nós, voluntários da Ong, enquanto buscadores conscientes da nossa autotransformação, do que, acreditamos, a elas próprias. Convém, portanto, propagar, neste espaço, que o valor despertado nesse sábado foi o de que temos consciência de que precisamos entender que somos servidores de algo muito maior do que os nossos sentidos podem conceber, e de que estamos, neste momento, orientados a compreender a Lei da Complementariedade, que é cósmica, e que rege o universo. Tratamos disso, nesta oportunidade, para que, em tempo, conscientizemo-nos de que não estamos ajudando a ninguém isoladamente e tampouco estamos em busca de merecimentos, é importante que isso conduza-nos antes de qualquer conclusão (ego) que possa desvirtuar a mensagem cósmica de crescimento mútuo entre a gente e as pessoas sofridas de lá.

Respeitosamente,

Amigos do Brasil – ABRA.

Fotos da ampliação do Posto de Inclusão Digital em Brejinho – Bahia.

Comments are closed.